Saiba mais

Série de performances realizadas entre 2001 e 2003.  

Realidade Transversa são uma série de ações e performances criadas para curto-circuitar espaços institucionalizados da arte e da cidade. Uma série de trabalhadores informais foram convidados a reproduzir suas performances do dia a dia dentro de galerias e museus. Em monitores espalhados pelos espaços onde essas ações-da-vida-real ocorriam, vídeos retransmitiam imagens captadas desses mesmos “artistas” em seus contextos originais: um vendedor de maçã do amor fantasiado de operário, um vendedor de chicletes anunciando seu produto em inglês, um artesão de rua criando esculturas e um vendedor de pipoca. Esses personagens urbanos invisibilizados  representavam uma classe de trabalhadores precarizada confrontando a abstração e a alienação das formas de trabalho contemporâneos ao afirmar o valor do gesto, da criatividade e da subjetividade dentro dos processos produtivos. 

Casa das Rosas, 2001 

Bienal do Mercosul, 2001 

RedbBull Live Images, 2002