Saiba mais

Um edifício abandonado no centro histórico de Pelotas cria uma estranha assimetria na tipologia de casarios coloniais tombados pelo patrimônio histórico. Um projeto para um shopping center vertical em desacordo com as diretrizes urbanísticas locais é aprovado e antes de ser concluído, se torna falido. Artistas são convocados para criar intervenções que se inserem num contexto de celebração de um processo de renovação urbana. 

Uma dessas intervenções artísticas propõe uma situação no limite da realidade que problematiza as contradições das formas de desenvolvimento urbano em curso. A ocupação de um prédio abandonado causa grande rumor na cidade detonando uma série de discussões sobre o papel da arte e sua relação com a construção das cidades. O proprietário deste edifício ordena a desocupação deste edifício. 

Exposição "Interações Urbanas"