Saiba mais

Quarenta anos se passaram desde o mítico ano de 68 e das transformações culturais então deflagradas. Grande parte da energia inventiva e da mobilização política, fomentada naquele momento, foi esvaziada e canalizada em direção oposta, ao mercado competitivo e ao individualismo alienante. Multidão Zero busca repensar a potencialidade das mobilizações/multidões atuais em relação a esse paradigma histórico: o sentido político foi esvaziado? A revolução virou mero fetiche? Ou buscamos novamente articular um corpo comum? “Mobilização”, “Suspensão” e “Esvaziamento” são os movimentos que estruturam a performance realizada para a Verbo na Galeria Vermelho, em São Paulo.